Connect with us

Olá o que você busca?

Revista LatitudeRevista Latitude

Inteligência Artificial

Nuno e a I.A.

Após 22 anos de dedicação ao setor financeiro, ele decidiu que era hora de desbravar novos horizontes e mergulhar de cabeça em sua verdadeira paixão: a fotografia.

Tudo começou em 2017, quando Nuno percebeu que a vida oferecia muito mais do que planilhas e transações.
Aos poucos, ele mergulhou no universo da fotografia, descobrindo um talento inato para capturar momentos únicos e preciosos. Inicialmente, explorou diversas vertentes, mas foi nos casamentos e eventos que encontrou seu verdadeiro porto seguro, onde cada clique se tornava uma obra de arte congelando a emoção do momento.

As dúvidas e os medos eram inevitáveis. Deixar uma carreira estável no setor bancário para se aventurar como fotógrafo profissional em tempo integral poderia ser considerado um risco significativo. No entanto, para Nuno, não havia alternativa senão perseguir sua vocação e libertar o fotógrafo talentoso que estava adormecido dentro dele.

Foi apenas em 2020 que Nuno finalmente tomou a decisão de largar o banco e mergulhar de cabeça em sua paixão. Deixou para trás o conforto de um salário regular e a estabilidade financeira para abraçar a incerteza e a liberdade criativa da fotografia em tempo integral. A jornada não foi fácil, mas cada desafio e obstáculo foram enfrentados com determinação e a crença inabalável de que estava no caminho certo.

Os primeiros passos como fotógrafo profissional foram desafiadores. A busca por clientes, a construção de um portfólio sólido e a concorrência acirrada no mundo da arte visual exigiam perseverança e inovação. No entanto, o talento inegável de Nuno e seu olhar sensível e artístico logo começaram a chamar a atenção.

Aos poucos, suas fotografias conquistaram corações e elogios, e sua reputação como um fotógrafo excepcional se espalhou. O boca a boca se transformou em reconhecimento profissional e convites para registrar momentos únicos em diversos eventos e casamentos importantes.

Mas e a I.A. ?!

A decisão de introduzir IA no trabalho e a mudança de postura em relação a apresentação do profissional:

A inteligência Artificial MidJourney foi a ferramenta escolhida para começar a mudança.

Nuno diz ter ganhado tempo e performance com o fluxo aprimorado e na criação de imagens com I.A. manteve a essência: “Sou eu criando, meu olhar de fotógrafo”.

Por outro lado, sempre há resistência de colegas:
“Colegas me convidam para tomar um café mas proíbem o assunto IA.
Houve uma época em que até livros eram proibidos, então… Precisamos sempre pensar em como isso pode nos ajudar. Acho sempre válida a reflexão, é uma realidade e não podemos simplesmente negar isso. Quero sempre usar a ferramenta para o meu benefício. A robotização pode chegar a fazer tudo sozinha mas ainda sim não terá alma. E isso precisa ser lembrado.

Clientes já pedem imagens com IA?
Nuno: “Ainda não, mas já estou incluindo o serviço de forma suave.”

Nuno cria situações reais para completar o trabalho com IA e também usa para alterações sensíveis em sua fotografia.
Nuno: “Estou vendendo num pack de 20 imagens, 10 geradas com inteligência artificial a partir das 20.
Naturalmente subi o valor cobrado.”

Ele complementa: Ela (I.A.) não pode nos substituir, precisamos mostrar nosso valor na forma de nos comunicarmos com ela inclusive, colocando minha identidade. Isso é super importante.


(Exemplo de manipulação com inteligência artificial- antes/depois)

 

“Penso que nossa geração vai passar pela IA muito melhor que os jovens de hoje, temos mais tempo de cultura.
Segundo o livro “Criar um Segundo Cérebro”: somos acumuladores de informação que não usamos.

Com a fotografia não deixo isso acontecer, vejo muitas fotografias, leio livros sobre assunto. Tenho hora pra estudar e isso me traz bagagem pra não ser ultrapassado por qualquer IA.

Acredito na manipulação eficiente, ajudando na mensagem. Esse novo momento me motiva a criar mais e acho que esse é o sentimento mais oportuno para se ter em tempos como esses”.

Hoje, Nuno é uma inspiração para todos aqueles que têm um sonho guardado dentro de si, esperando o momento certo para serem revelados. Sua história é um lembrete poderoso de que nunca é tarde para seguir paixões e buscar a realização pessoal. Ele prova que, mesmo em meio à rotina de uma carreira tradicional, é possível encontrar a coragem para abraçar a mudança e criar uma nova trajetória de sucesso e satisfação.

Nuno Lopes fechará o congresso Metamorphosys no dia 16 de Agosto (Lajeado/Rio Grande do Sul).


Nuno Lopes Website
Nuno Lopes Instagram

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Advertisement

Você pode gostar

EVENTOS

Confira os próximos grandes eventos de fotografia Profissional (lista em constante atualização) AGENDA 2024 Foto Inovar 05 e 06 de março de 2024 Teatro...

COLUNA

Não queira ser seu ídolo   Quando recebi o convite para continuar como colunista da Revista Latitude, fiquei muito feliz e honrado. Afinal de...

EVENTOS

Et harum quidem rerum facilis est et expedita distinctio. Nam libero tempore, cum soluta nobis est eligendi optio cumque nihil.

CARREIRA

Você participa de premiações de fotografia? Já pensou no assunto como forma de ter uma maior validação para novos contratos? Será que isso realmente...